6 dúvidas de quem presta concurso público
Concursos

6 dúvidas de quem presta concurso público

Escrito por G7 Jurídico

A etapa exige muito preparo, dedicação e estudo para que o sonho da carreira pública seja alcançado

Para quem ingressa em uma faculdade já sonhando com a carreira pública e a estabilidade, os concursos são a porta de entrada para esses cargos. Contudo, é necessário um ótimo preparo e muita (muita mesmo) dedicação aos estudos para se sair bem, pois essa não é uma tarefa tão fácil assim.

Com o objetivo de conquistar o que tanto deseja, é fundamental que o candidato de um concurso siga algumas etapas importantes de preparação para que tenha um excelente desempenho. Essas etapas são:

  • Definir perfeitamente qual área realmente deseja seguir;
  • Planejar muito bem os períodos de estudo, ou seja, criar um cronograma e segui-lo;
  • Definir os métodos e formas de estudo que mais se encaixam no seu perfil;
  • Manter-se sempre disciplinado;
  • Trabalhar resumos e revisar oportunamente as matérias do concurso;
  • Treinar os conhecimentos com provas de outros concursos da área escolhida;
  • E claro, separar aquele tempinho para o descanso, fundamental para seu raciocínio e memorização, pois ninguém é de ferro, não é mesmo?

Vale ressaltar que muitas pessoas já são experientes quando o assunto é concurso público. Porém, há também muitas que estão iniciando agora essa caminhada dos “concurseiros” e outras que já estão nesse processo, mas encontram-se perdidas, o que geralmente resulta em muitas dúvidas e até mesmo preocupações.

Foi pensando exatamente nessa situação que preparamos esse texto. Aqui, esclarecemos 6 dúvidas de quem presta concurso público para que o processo ocorra sem dificuldades. Vamos lá?

1 – Como a preparação para um concurso deve ser feita?

O recomendado é que o candidato comece a se preparar bem antes da publicação do edital, estudando ao menos as matérias que são básicas. Após a publicação, o candidato já deve começar a focar nas matérias específicas do concurso que escolheu. Neste ponto, é extremamente importante que o mesmo siga um cronograma de estudos já comentado acima. 

2 – Como é possível conciliar os estudos com o trabalho?

Sim, é possível e muitas pessoas estudam para concursos ao mesmo tempo em que trabalham. Para isso acontecer da melhor forma, é fundamental que o candidato analise os horários livres em sua rotina e utilize-os para se dedicar aos estudos. Acordar mais cedo, estudar à noite e aos fins de semana, são esforços necessários para uma melhor preparação.

 


3 – Quantas horas estudar por dia?

Depende. Afinal, vale muito mais 1 hora de estudo bem aproveitada do que 4 horas que não tiveram proveito nenhum, certo? Desta forma, o candidato deve verificar os melhores horários de estudo para ele e aproveitá-los ao máximo possível, desde que renda bastante e não prejudique em nada a sua qualidade de vida. Aqui, o cronograma tem novamente um papel importante, além das formas e métodos de estudos a serem utilizados.

4 – Como perceber as famosas “pegadinhas” em uma prova de concurso?

Para essa dúvida, apenas uma palavra responde: PRÁTICA! É necessário praticar muito, com provas de outros concursos da mesma instituição que irá prestar. Assim, o candidato ficará mais esperto e entenderá bem a estrutura das questões da prova.

5 – A pessoa que é sócia de uma empresa ou tem alguma em seu nome, pode prestar concurso?

Pode sim! A proibição ocorre somente se o sócio for gerente ou administrador da empresa e isso não pode constar no contrato social. De acordo com o artigo 117 da lei 8.112/90, os servidores públicos são proibidos de participar de gerência ou administração de sociedade privada, personificada ou não personificada, exercer o comércio, exceto na qualidade de acionista, cotista ou comanditário”.

6 – Como saber a data da convocação após passar no concurso?

A data da convocação para assunção do cargo pode já estar tanto determinada no edital, como ocorrer posteriormente, a critério da Administração. Essa convocação deve ser feita durante o período de validade do concurso, iniciado a partir da homologação do resultado, que também é apresentado no edital.

Está buscando um curso preparatório para concursos públicos na área do Direito? O G7 JURÍDICO pode te ajudar! Clique aqui para conhecer mais!

Gostou do texto? Deixe a sua opinião nos comentários!

Leia também: Carreira jurídica: você sabe qual área irá seguir?

Sobre o Autor

G7 Jurídico

Comentar

Share This